Curta! #056: 'Ma’agalim - Jane Bordeaux' (Israel, 2016)

Curta! #056: "Ma’agalim - Jane Bordeaux" Direção:  Uri Lotan Produção: ...


Curta! #056: "Ma’agalim - Jane Bordeaux"
Direção: Uri Lotan
Produção: Uri Lotan & Yoav Shtibelman
Israel, 2016 / Duração: 03:31


AnimaCast S.A. #006 - Um Bate Papo com os Irmãos Piologo

Sejam bem-vindos a mais um AnimaCast S.A. Nesta edição Gabriel Cruz, Felipe Santoro e Marcos R...


Sejam bem-vindos a mais um AnimaCast S.A. Nesta edição Gabriel Cruz, Felipe Santoro e Marcos Ramone conversam com os criadores do site de animações Mundo Canibal, os Irmãos Piologo.

Quase todo mundo conhece o trabalho desses talentosos animadores. Havainas de Pau, Chuq Nóia, Game Novela e o mais recente e o maior sucesso deles o Partoba. Ouça esse engraçadíssimo programa e saiba como tudo isso começou e conheça as grandes novidades que estão por vim.

PS: Episódio originalmente lançado em Maio de 2010.

Para nos enviar sugestões, críticas ou dúvidas: animacaosa@gmail.com. E não deixem de assinar o nosso podcast usando o seu aplicativo favorito ou pelo manualmente pelo nosso RSS.

LINKS COMENTADOS NO PROGRAMA:

História do Cinema de Animação – O boom da computação gráfica na década de 1980 (24ª Parte)

Na última postagem conhecemos a evolução da animação digital e a computação gráfica entre as década...

Na última postagem conhecemos a evolução da animação digital e a computação gráfica entre as décadas de 1950 e 1970. Na postagem de hoje conheceremos um pouco mais do boom da computação gráfica na década de 1980. Iremos explanar sobre o desenvolvimento das imagens e animações digitais aplicadas nos games. E as importantes contribuições e os primeiros passos que permitiram a união do cinema com a computação gráfica.
A evolução dos games
Ainda na década de 1980, os games continuaram sua evolução e inovação, tanto em termos de hardware quanto no software. Esse avanço permitiu um número maior de títulos, que se diferenciavam nos elementos gráficos, na animação e na própria forma de jogar, na influência mútua dos games e dos jogadores. Os videogames foram bastante importantes nesse momento, pois além de todo avanço tecnológico, contribuíram com a interação do público em relação às imagens e animações geradas por computador.
Publicidade do portátil Game & Watch
Nesse momento teremos duas grandes empresas que vão se destacar: Atari e Nintendo. A Atari vai se sobressair com a produção de jogos vetoriais que permitiu a construção de jogos diversos, com animações suaves e uma variável de movimentos. A Nintendo, por outro lado, criou uma série de games portáteis popularmente conhecida como Game & Watch. O antecessor do Game Boy utilizava de uma tela de cristal líquido ligada a circuitos semelhantes aos de relógios digitais e foi fabricado até 1991. A série Game & Watch, além de ser considerada a primeira linha de jogos portáteis, também foi um dos elementos que contribuiu para o sucesso e destaque da empresa Nintendo no mercado de games.  
O inovador Dragon's Lair
Dragon’s Lair (1982) foi o primeiro jogo lançado para laserdisc (disco óptico com armazenamento de áudio e vídeo) que se destacou por apresentar sequencias animadas em vídeo totalmente renderizadas. Podemos dizer que essas sequencias de vídeo foram as “primeiras” cut-scene dos games. As cut-scene são os pequenos trechos fílmicos exibidos nos jogos, seja como parte da introdução ou complementando a história do jogo. Dragon’s Lair se destacou por apresentar as sequencias animadas cinematográficas e um design distinto que funcionava como uma animação interativa para jogadores. Essa contribuição apresentada por este game foram os primeiros passos que possibilitaram a aproximação dos games e os filmes que vivenciamos hoje.
Gollum, personagem digital em Senhor dos Anéis
E falando em filmes, a indústria cinematográfica, mesmo com os altos custos da animação digital de alta qualidade, na década de 1980, aproveitou bastante desse meio e ainda aprimorou o seu uso e conseguiu moldar essa tecnologia, usufruindo dele cada vez mais, a ponto de conciliar e unir as linguagens da computação com a cinematográfica. A evolução do uso do CGI permitiu ao cinema criar uma estética própria, possibilitando a interação com os atores reais e o próprio surgimento de personagens digitais em filmes de ação ao vivo. É importante frisar que o cinema busca constantemente o uso de imagens fotorrealistas para convencer o espectador das narrativas fantasiosas e fictícias.
O 1º personagem digital
Os personagens digitais, são aqueles construídos totalmente pela computação gráfica. Atualmente, é extremamente comum a utilização desse tipo de recurso em diversos tipos de filmes, com uma representação bastante convincente por parte desses protagonistas digitais. E foi na década de 1980, com o filme “O enigma da Pirâmide” (1985) que a Industrial Light and Magic (ILM) conseguiu construir o primeiro personagem digital tridimensional. O filme de Barry Levinson apresenta um cavaleiro saindo de um vitral colorido e que interage com o ator real.
O revolucionário Tron (1982)
O filme Tron (1982) é considerado um dos maiores marcos do uso da computação gráfica no cinema. O filme inovador e com estilo visual único consegue unir com coerência os planos, enquadramentos e composição da linguagem cinematográfica dos filmes de ação ao vivo com a animação por computador. O filme que foi montado quadro a quadro, mesmo sendo da Disney apresenta esforços de outras produtoras de animação computadorizada, apresentando um bonito trabalho artístico criado por programas de computador.
A construção digital de Tron
O filme também demonstra o desejo da Disney na tentativa de se diversificar para atingir um novo público. A narrativa do filme apresenta um criador de jogos de videogames que é transportado para o universo dos computadores, no próprio programa que ele criou, que deve enfrentar o antagonista que é o CPU da máquina. O filme apresenta um aspecto visual único e atemporal, em uma narrativa que apresenta aspectos da civilização humana associada ao funcionamento de um computador, em uma aventura de videogame.
Tron, o Legado (2010), a continuação lançada quase 30 anos depois 
 Tron, estreou na mesma época que “E.T. – O extraterrestre” (1982) de Steven Spielberg e acabou sendo um fracasso de bilheteria e como obra cinematográfica. Mesmo com seu design, o filme acabou sendo desprezado pelo público e pela crítica. Tal preterição se deve a desorganização do seu próprio roteiro, que mesmo com uma boa história, acabou não sabendo como desenvolve-lo como narrativa fílmica. O que o filme se destacou ao unir a linguagem cinematográfica com a computação gráfica, falhou exatamente na execução artística do seu roteiro, não sabendo contar bem uma boa história, comprometendo a narrativa e prejudicando a interação e diegese do espectador com a narrativa fílmica.
Pixar Animation Studios
Na próxima postagem abordaremos a importância da figura do animador que vai saber conciliar os conhecimentos da animação tradicional com a nova tecnologia que se expandia cada vez mais para o cinema, além dos curtas-metragens em animação computadorizada que se tornaram o diferencial, sabendo combinar coerentemente a técnica e tecnologia.

Curta! #055: 'Um Lugar Comum' (Brasil, 2009)

Curta! #055: "Um Lugar Comum" Direção: Jonas Brandão Produção: Forcine/UFS...


Curta! #055: "Um Lugar Comum"
Direção: Jonas Brandão
Produção: Forcine/UFSCar
Brasil, 2009 / Duração: 09:58



AnimaCast S.A. #005 - Animações dos Anos 90 - Parte 1

Sejam bem-vindos a mais um AnimaCast S.A.  Nesta edição Gabriel Cruz, Felipe Santoro, Raphael C...


Sejam bem-vindos a mais um AnimaCast S.A. Nesta edição Gabriel Cruz, Felipe Santoro, Raphael Corrêia e Marcos Ramone fazem um nostálgico bate-papo relembrando alguns desenhos animados que passavam durante a década de noventa.

Aqueles que viveram a infância nesta maravilhosa década sabem muito bem que existem centenas de animações que mereciam ser comentadas aqui. Seria um pouco complicado falarmos de todas elas em apenas um programa, por isso neste quinto episódio focamos apenas nas animações criadas pela Warner e pelo Cartoon Network, com algumas exceções.

PS: Episódio originalmente lançado em Maio de 2010.

Para nos enviar sugestões, críticas ou dúvidas: animacaosa@gmail.com. E não deixem de assinar o nosso podcast usando o seu aplicativo favorito ou pelo manualmente pelo nosso RSS.

LINKS COMENTADOS NO PROGRAMA:

Live-Action de 'Pokémon' Pode se Tornar Realidade

Está acontecendo em Hollywood uma guerra entre três grandes estúdios para decidir quem terá os ...


Está acontecendo em Hollywood uma guerra entre três grandes estúdios para decidir quem terá os direitos para produzir um live-action de "Pokémon". O favorito no páreo é a Legendary Entertainment, estúdio recém comprado por um empresário chinês. A Warner e a Sony também estão na negociação.

Um repórter do The Hollywood Reporter afirmou que os três estúdios estão participando de um leilão privado para decidir qual irá produzir a adaptação para live-action da tão amada franquia. A negociação acontece no ano em que "Pokémon" comemora os seus 20 anos de idade.

Até agora nenhum dos estúdios se pronunciaram oficialmente. 

Autodesk Compra Arnold Render e Anuncia Parceria com Google

A gigante  Autodesk acaba de anunciar que comprou a Solid Angle , desenvolvedora do popular Arn...


A gigante Autodesk acaba de anunciar que comprou a Solid Angle, desenvolvedora do popular Arnold Render. Além da compra, a empresa também anunciou uma parceria com o Google, com o objetivo de integrar ao Maya a sua plataforma de render nas nuvens.

"Nós profundamente acreditamos que computação em nuvem é o caminho para o futuro." - disse o Gerente de Marketing da Autodesk Maurice Patel. A plataforma de render nas nuvens do Google também será integrada aos outros softwares da empresa no futuro.

Após a compra, o Gerente de Marketing da Autodesk Maurice Patel tranquilizou os usuários do render de outras plataformas, como o Houdini e o Cinema 4D, pois nada será mudado. 

Para completar, a Autodesk também anunciou a compra do plug-in de animações procedurais MASH para o Maya e uma versão artística do 3D Max com uma nova interface gráfica compatível com monitores em 4K e uma nova ferramenta de criação de UVs.

Fonte: Studio Daily

Nova Adaptação de 'Mogli' Faz Sucesso em sua Estreia

A nova adaptação do clássico da Disney " Mogli - O Menino Lobo " estreou nesta semana...


A nova adaptação do clássico da Disney "Mogli - O Menino Lobo" estreou nesta semana com ótimos números e críticas.

O filme conseguiu quase US$ 300 milhões de dólares em seu primeiro final de semana e se tornou o terceiro melhor lançamento da história do estúdio. Na Índia, onde o filme estreou uma semana antes do resto do mundo, o filme já é o terceiro maior lançamento de Hollywood da história, atrás apenas de "Velozes e Furiosos 7" e "Jurassic World".

Dirigido por Jon Favreau "Mogli - O Menino Lobo" foi praticamente todo criado usando computação gráfica, com exceção apenas do ator principal, Neel Sethi, e de pequenas partes do cenário onde o garoto tocava/andava. Tudo foi feito com extrema qualidade, o realismo é impressionante! Bill Murray, Ben Kngsley, Idris Elba, Scarlett Johasson e Christopher Walken são alguns dos atores que fazem parte do elenco de dubladores originais.


Com as ótimas críticas a nova adaptação da Disney ainda deve ganhar muito dinheiro, pelo menos até semana que vem, quando estreará "Capitão América - Guerra Civil", que também deverá arrecadar muitos dinheiros para o estúdio.

Curta! #054: 'Muto' (Itália, 2008)

Curta! #054: "Muto" Direção: Blu Produção: Mercurio Film Itália, 2008 / Dura...


Curta! #054: "Muto"
Direção: Blu
Produção: Mercurio Film
Itália, 2008 / Duração: 07:00



AnimaCast S.A. #004 - O Maravilhoso Mundo de Tim Burton

Nesta edição Gabriel Cruz, Thiago Vidotto, Andrea Gaia e Marcos Ramone fazem uma retrospectiva ...


Nesta edição Gabriel Cruz, Thiago Vidotto, Andrea Gaia e Marcos Ramone fazem uma retrospectiva da vida de Tim Burton. Conheça a trajetória desse maravilhoso diretor no mundo da animação. E finalizando o programa conversamos sobre o clássico filme da "Alice no País das Maravilhas", aquele de 1950, e também o que estamos esperando da nova versão do filme.

PS: Episódio originalmente lançado em Abril de 2010, um pouco antes do lançamento da adaptação de "Alice no País das Maravilhas" dirigida pelo Tim Burton.

Para nos enviar sugestões, críticas ou dúvidas: animacaosa@gmail.com. E não deixem de assinar o nosso podcast usando o seu aplicativo favorito ou pelo manualmente pelo nosso RSS.